3 estratégias para impulsionar seu e-commerce

Com um mundo cada vez mais tecnológico e conectado, trabalhar com o marketing digital se tornou muito importante para a competitividade dos negócios. E, neste momento, com a pandemia e afastamento social que vivemos, o acesso à internet e o consumo aumentaram consideravelmente, aumentando 40% nas vendas online só numa comparação entre março de 2019 e 2020. 

O que são estratégias de Marketing Digital

São ações voltadas para a promoção da marca no meio digital. Diferente do marketing tradicional, elas permitem uma ação muito mais rápida e certeira das estratégias, por utilizar diferentes canais on-line e métodos de análise imediata de resultados e dados.

Motivos para adotar o marketing digital no e-commerce

As pessoas já não precisam mais sair de suas residências para fazer tarefas cotidianas, como ir ao mercado, comprar roupas ou até mesmo assistir um filme. Isso mostra a importância do marketing digital para as empresas, onde a venda e divulgação on-line se tornaram saídas para os negócios em meio a crise. 

Especialmente os negócios virtuais (ou e-commerces) que dependem do meio digital devem se atentar às estratégias feitas, para garantir sua presença nesse mercado que se torna cada vez mais competitivo.

Como o marketing digital pode ser o diferencial 

Com a concorrência intensa pela atenção dos consumidores, conseguir essa atenção é uma tarefa que requer habilidade. Através do marketing digital, é possível atrair esse público-alvo de diversas formas, destacando sua marca.

Mas por que utilizar o marketing digital?

No marketing tradicional, como por exemplo, na distribuição de panfletos, consegue-se atingir um grande número de pessoas que passarão a conhecer seu produto ou serviço por um preço relativamente baixo. Entretanto, a maioria não irá comprar seu produto por não ser a persona certa.

Já no marketing digital, é possível segmentar os tipos de conteúdos e campanhas lançadas a determinados públicos-alvo, aumentando a taxa de conversão e gerando leads mais qualificados. Consequentemente, o custo de investimento é consideravelmente menor pelo retorno que essas estratégias podem trazer.

Investimento em anúncios pagos

É simples, para que seu negócio seja competitivo no ambiente digital ele precisa ser encontrado.

Mas como você pode fazer isso? Simples também.

Provavelmente, seu público-alvo está agora mesmo fazendo pesquisas na internet à procura de produtos e serviços, dicas e sugestões, entre outros. Dessa forma, investir em anúncios pagos na internet é uma das formas mais rápidas de encontrar seu potencial cliente. É uma opção extremamente barata e segmentada em comparação aos anúncios tradicionais, como outdoors.

Dentre as principais vantagens dos anúncios digitais, temos:

  • Você determina o quanto quer gastar, permitindo maior controle do orçamento;
  • Sua marca aparecerá somente para as pessoas interessadas no seu negócio, aumentando sua taxa de conversão.

3 Estratégias para Atrair o Consumidor

#1 Produção de Conteúdo

Uma das principais estratégias de inbound marketing utilizadas nas empresas – e também uma das mais baratas, é o marketing de conteúdo.

O marketing de conteúdo (ou produção de conteúdo) consiste na criação de conteúdos, que tem como objetivo educar e auxiliar o público-alvo. Esse tipo de estratégia permite a criação de uma relação de confiança cliente-empresa, que facilita e incentiva esse lead até o momento da compra e/ou aquisição de um serviço.

Um bom conteúdo traz informações relevantes e necessárias ao possível cliente, assim como pode sanar dúvidas ou entretê-lo, gerando valor e autoridade com o leitor.

Dessa forma, a produção de conteúdo nada mais é do que a produção de materiais ricos, como blogposts ou postagens nas redes sociais que atingem os interesses do público-alvo.

E por que o marketing de conteúdo é tão eficiente?

De acordo com pesquisas, é maior a probabilidade de uma pessoa consumir um produto ou serviço de uma empresa que já oferece algum tipo de conteúdo, principalmente um conteúdo que ela considere útil.

Somado a isso, de acordo com o Content Trends, ainda em 2018, 70% das empresas nacionais utilizavam blogposts como estratégia e acabavam obtendo, em média, quatro vezes mais visitas e cinco vezes mais leads para seu negócio.

Com as mudanças de hábitos geradas a partir do momento atual, esses resultados podem ser ainda maiores atualmente. Cerca de 3,8 milhões de buscas são realizadas no Google a cada minuto e um conteúdo da sua empresa pode ser descoberto por um potencial cliente em apenas um clique.

#2 Redes Sociais

Outra tendência é o uso das redes sociais, canais digitais onde é possível interagir de diversas maneiras, como por meio de comentários, reações, votações, compartilhamentos, stories, entre outros. 

E por isso, as redes sociais se tornam o local ideal para trabalhar com estratégias de marketing digital. Além de alcançar o público-alvo de forma eficiente, ainda é possível interagir com ele para criar uma relação mais próxima.

As ações possíveis nas redes sociais são diversas e a eficiência das estratégias mais específicas irá depender da persona e do objetivo desejado. 

Na prática, para o sucesso da sua empresa nas redes sociais é essencial a constância e a utilização de imagens e textos de qualidade, para que o potencial cliente ou seguidor se identifique e prossiga com a jornada de compra.

#3 Retenção de Clientes

A retenção de clientes nada mais é que a manutenção do vínculo entre empresa e consumidor.

Apesar de ser uma estratégia muito importante, seu conceito é melhor aplicado em serviços de assinatura, como jornais, revistas, softwares e aplicativos premium, além de TV por assinatura. Nesses casos, um dos objetivos da empresa é reter esses assinantes, mantendo-os interessados.

Os custos envolvidos na retenção do cliente, garantindo que ele permaneça satisfeito e utilizando os serviços, são muito menores do que aqueles envolvidos na prospecção de novos e temos como provar.

De acordo com estudos feitos pela Bain & Company, um aumento de retenção de clientes de apenas 5% gera um aumento na lucratividade de 25% a 95%.

A qualquer momento o cliente pode cancelar o serviço, mas como evitar que isso ocorra?

Listamos uma série de ações para melhorar a retenção de clientes do seu negócio.

  • Priorize o atendimento – afinal, garantir uma boa experiência na jornada de compra garante que o cliente tenha uma boa opinião sobre seu produto;
  • Conheça as expectativas do cliente – conhecer seu público-alvo ajuda a compreender as demandas que ele tem sobre seu produto ou serviço. Garanta que essas necessidades sejam cumpridas ou deixe bem claro no seu produto o que ele vai fornecer ao cliente;
  • Agilidade na resolução de problemas – é essencial não só ter um produto de qualidade, mas um suporte de qualidade para agir rapidamente na demanda do cliente. Um cliente com uma experiência negativa ou um problema na mão gera um marketing negativo do seu produto;
  • Crie um relacionamento com o cliente – quanto mais humanizado esse contato, maior a confiança e autoridade sobre o cliente. As redes sociais são um espaço excelente de conexão e comunicação com o cliente, dando espaço para o compartilhamento de experiências, dicas sobre o produto ou serviço ou até menos como uma forma de conhecer as demandas do público-alvo.

Um exemplo de estratégia de retenção é o envio de brindes promocionais aos clientes, como canetas personalizadas, para as primeiras compras feitas pelos clientes. 

Conclusão

Nesse novo mundo tecnológico e digital, é essencial à empresa, principalmente no caso dos e-commerces, se estabelecer no meio on-line. Buscar estratégias de marketing para não só conquistar novos clientes, mas conquistá-los de forma eficiente e com redução de custos. 

Colocando em prática as três estratégias citadas, com certeza seu negócio irá se impulsionar nesse mercado tão crescente e competitivo.

O artigo 3 estratégias para impulsionar seu e-commerce apareceu primeiro em Artefato Agência Digital.

4 ações para driblar as objeções dos clientes no e-commerce

Trazer um lead para dentro do seu e-commerce é uma tarefa relativamente fácil e que não precisa de muitos esforços. Porém, fazer com que ele feche uma compra pode ser mais complicado.

Existem algumas questões recorrentes que levam os leads a desistirem de fazer uma compra pela internet. Entre elas estão: valor do frete, se o site é seguro, se o produto vai chegar rápido, valor no concorrente e se ele realmente precisa daquele no produto no momento.

Muitos de nós já fizemos aquele caminho clássico ao navegar na internet: acessar uma loja virtual, ver os produtos, adicionar os produtos preferidos no carrinho, analisar o valor final da compra, formas de pagamento, valor e tempo do frete. Não agradou? Fechamos a aba e vamos para o próximo.

Esse caminho acaba gerando outro problema: carrinho abandonado, que é o terror de muitos e-commerces com baixo estoque de produtos.

Para dar um basta em situações como essa, confira as atitudes que você pode tomar para diminuir a desistência de um lead fazer uma compra na sua loja virtual. Vamos lá:

Site seguro

Comprar em um site seguro é a prioridade da maioria das pessoas. Tendo em vista que a maior parte das compras online é feita por cartão de crédito, esse ponto é ainda mais importante.

Coloque o certificado de segurança do seu site visível para que o visitante não tenha dúvidas sobre essa questão. Além disso, é válido solicitar depoimentos dos clientes sobre as compras que já fizeram, como foi a entrega, qualidade do produto e outros pontos que podem ser levados em consideração.

Remarketing

Ações de remarketing são boas saídas para trazer aquele lead que vez uma visita no site e deixou coisas no carrinho. Envie um e-mail lembrando, um cupom de desconto especial ou outra condição que incentive ele a voltar e finalizar a compra. Promoções do site ou ofertas exclusivas também podem funcionar.

Frete

O frete é um dilema frequente no e-commerce. O valor e o tempo de entrega são decisivos na hora de fechar uma compra.

Nesse sentido, é importante conhecer o seu público: será que eles preferem pagar mais caro para ter o produto mais rápido ou pagar mais barato e demorar na entrega?  Vale fazer uma pesquisa entre os seguidores com enquetes ou leads por e-mail.

Aumentar o valor dos seus produtos para ter condições de oferecer frete grátis em alguma situação pode ser uma alternativa, mas tenha cautela. Outra possibilidade é oferecer frete fixo para que regiões onde o frete é mais barato compense os envios mais caros.

Necessidade de compra

Gerar necessidade de compra no seu cliente é uma técnica que pode atrair bons resultados.

Gatilhos mentais de escassez são muito utilizados para convencer o seu cliente a realizar uma compra. Frases como: ‘poucas unidades’, ‘por tempo limitado’, ‘últimas horas’, ‘promoção exclusiva’ e ‘só hoje’ são exemplos que você pode aplicar na sua loja virtual.

Essas são algumas ações para melhorar as estratégias do e-commerce e consequentemente aumentar o número de vendas. E novamente, conheça seu público para saber o que ele espera como cliente.

O artigo 4 ações para driblar as objeções dos clientes no e-commerce apareceu primeiro em Artefato Agência Digital.

KPIs importantes para analisar o desempenho do seu e-commerce

Se você é dono de um e-commerce ou começou a estudar agora sobre o assunto, já deve ter reparado que análises, cálculos e planejamentos são pontos essenciais do dia a dia de um negócio online. Acompanhar o andamento de todos os setores é parte fundamental para garantir um desempenho positivo para que gere bons resultados.

Nesse aspecto, os KPI’s (indicadores-chave de performance) atuam para analisar  em números quais são os resultados de um negócio e qual é o retorno que cada departamento e ação está gerando. Os KPI’s mais comuns são ROI (retorno sobre investimento), ticket médio e taxa de conversão.

As métricas também são muito importantes para a análise de um negócio online. Elas atuam como uma espécie de caminho para saber se as atividades estão dando resultados ou não.

Descubra quais são os KPIs mais importantes para um e-commerce:

ROI

É um indicador que mede os resultados feitos em determinada campanha ou período. Essa técnica é essencial para conferir se o seu planejamento esta dando o retorno esperado.

Esse KPI vai te mostrar o retorno exato que sua ação gerou para a empresa e se é uma boa estratégia ou não.

Aplique a fórmula:

ROI = Receita / Custo do investimento

Para fazer o cálculo em porcentagem:

ROI = [(Receita – Custo) / Custo] x 100

ROAS

Para calcular o ROI de forma correta, é necessário analisar o fechamento financeiro e para isso, utilize a ROAS. É uma forma de ter resultado mais rápido e preciso sobre seus gastos para divulgação do negócio.

ROAS = Receita proveniente da mídia / Custo do investimento

TICKET MÉDIO

Esse é o mais comum entre os proprietários de lojas que gostam de ter o valor da média de compras feitas por cada cliente.

Para aumentar esse número é fácil, ofereça benefícios os seus cientes para incentivar uma nova compr.

Veja a fórmula:

Ticket Médio Mensal = Receita do mês / Nº de clientes do mês

TAXA DE CONVERSÃO

É um indicador que pode ser usado para vários objetivos, como calcular número de vendas, captação de novos clientes, download e outras opções.

Para fazer esse cálculo:

Taxa de Conversão = (Clientes convertidos / Nº de visitantes) x 100

TAXA DE CARRINHO ABANDONADO

O problema de carrinho abandonado é bem recorrente entre os proprietários de loja virtual. Calculando essa taxa você consegue analisar melhor o que pode ser feito para diminuí-la.

Os motivos mais frequentes para abandono de carrinho são as formas de pagamento e o valor do frete.

Taxa de Abandono de Carrinho = (Quantidade de visitantes que não completaram o checkout / Quantidade de pessoas que iniciaram o checkout) x 100

Acompanhar esses resultados deve fazer parte do seu dia a dia para que não seja pego de surpresa quando o problema já tenha se tornado grande demais.

O artigo KPIs importantes para analisar o desempenho do seu e-commerce apareceu primeiro em Artefato Agência Digital.

Pontos de atenção no planejamento estratégico do seu e-commerce

Começo de ano é sempre uma loucura para se organizar começar a planejar, definir metas, novos desafios e rumos para os nossos negócios. Se você é dono de uma loja virtual, já deve ter feito um planejamento estratégico pelo menos para o primeiro semestre do ano. Se isso ainda não aconteceu, aperte o passo e aproveite as nossas dicas.

2020 nos trouxe momentos incertos, isso é um fato. Prejudicou vários setores e foi muito bom para outros, e o e-commerce é um eles.

Muitas pesquisas apontam que as compras online bateram recordes de faturamento. Pessoas que nunca compraram pela internet fizeram sua primeira durante a pandemia e afirmam que continuarão optando esse sistema pela facilidade e agilidade.

É por esse motivo que você deve começar o planejamento estratégico da sua loja virtual hoje mesmo para não ficar atrás dos seus concorrentes. Confira nossas dicas para as áreas que você merece dedicar mais atenção:

Qual a experiência que o cliente tem no seu e-commerce?

A experiência de compra é parte fundamental para que o cliente retorne para uma segunda compra. Oferecer ao seu cliente uma navegação rápida, descomplicada, descrições completas sobre os produtos e com benefícios é o básico que você deve  fazer para ser lembrado.

A personalização dos serviços é uma grande aposta para 2021. É isso que os clientes esperam do lugar onde estão investindo seu dinheiro.

E é possível ir mais além: pense na entrega do produto, ofereça uma embalagem personalizada e algo que faça seu cliente se sentir feliz por fazer parte da marca de alguma forma.

O relacionamento pós-venda começa nesse instante: quando o cliente recebe a compra em mãos e fica satisfeito, sente vontade de compartilhar com alguém, tirar uma foto ou algo do tipo.

Logística de entrega

Problemas na logística e entrega são muito recorrentes no mundo do e-commerce e motivo principal para desistência de novas compras.

O processo de separação e embalo do produto deve ser rápido para que a compra seja enviada o quanto antes.

Ofereça mais de uma opção de entrega para que o seu cliente possa escolher.

Atendimento ao cliente

Ter um atendimento de qualidade é o segredo para conquistar clientes ativos. O consumidor do seu produto pode ter várias dúvidas e alguém precisa estar disponível para sanar todas elas.

O canal de atendimento deve ser ágil, rápido e empático. Que mostre preocupação com o cliente e em responder todas as suas questões.

Você já deve ter sido mal atendido em algum lugar e sabe o quanto é péssimo.

E ainda, ofereça atendimento em mais de um canal para atender a todos os públicos do seu negócio. Existem várias opções para isso: redes sociais, chat direto no site, e-mail, WhatsApp Business e telefone.

Marketing de conteúdo

As pessoas passam horas e horas na internet consumindo conteúdos dos mais variados assuntos. O Marketing de Conteúdo é uma estratégia muito utilizada para atrair mais admiradores e criar uma comunidade que consome esses conteúdos.

Eles podem ser produtos em um blog, vídeos no Youtube, postagens nas redes sociais, Stories e muitas outras opções. O importante é oferecer um conteúdo bacana que tire uma dúvida ou ensine algo relacionado ao produto.

Atente-se ao calendário promocional

As datas comemorativas são extremamente importantes para um e-commerce, independente do seu seguimento.

Analise quais datas estão relacionadas com o seu público, o que pode ser feito e quanto tempo de antecedência é necessário para colocar uma campanha no ar. Reúna ideias, veja quais benefícios ao seu cliente você pode oferecer.

Um erro comum é deixar para fazer em cima da hora e acabar prejudicando os resultados.

Siga nossas dicas e coloque-as em prática o mais rápido possível. O planejamento estratégico deve ser a base das ações do seu negócio durante o ano todo.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com a nossa equipe.

O artigo Pontos de atenção no planejamento estratégico do seu e-commerce apareceu primeiro em Artefato Agência Digital.

Reels: uma vitrine para vender mais

O Instagram é a 4ª rede social mais utilizada no mundo, ficando atrás apenas do Youtube, WhatsApp e Facebook. Hoje, a rede social é a queridinha entre jovens e adultos e isso se deve ao sucesso que as marcas e os influenciadores estão fazendo por lá.

Com certeza você segue alguma marca ou influenciador que cria conteúdos diariamente para entreter o seu público e aumentar sua popularidade. E o mais importante é que você, assim como outras pessoas, deve ter o conhecido através de um desses conteúdos.

Diante disso, é importante ressaltar que o Instagram se tornou uma grande vitrine para vender produtos e serviços. E ainda, torna-lo de fácil acesso para qualquer pessoa.

As atualizações do Instagram são sempre um grande sucesso e o Reels – que foi a ultima atualização lançada – está sendo o maior deles. A inspiração para essa nova ferramenta surgiu após a popularização do app vizinho: o TikTok.

O Reels é uma ferramenta que permite você gravar vídeos de até 15 segundos com músicas, cortes e efeitos. Ao decorrer dos segundos, uma barra de progresso vai sendo preenchida para que você acompanhe quantos segundos ainda faltam.

Ele ainda permite muitas outras edições como velocidade e temporizador.

A ideia do Reels é que sejam vídeos que impressionem, seja pelo toque da música, qualidade dos takes ou pela situação que está sendo registrada.

Como criar conteúdo para vender mais no Reels:

Tenha boas ideias

As boas ideias você vai tirar acompanhando os comentários dos seus clientes e quais sãos as dúvidas frequentes. Eles serão sua maior fonte de ideias.

O que pode parecer obvio para você, pode não ser para o cliente. Então pense em coisas simples para começar, vamos aos exemplos: Se você tem uma loja de roupas pode gravar os famosos looks para se inspirar ou se sua loja for de capas de almofadas, grave como montar um kit com várias estampas para o seu sofá ficar lindo.

Não tenha ideias mirabolantes, mas algo que seja realmente útil e que vai ajudar alguém.

Atenção à escolha da música

Escolher uma música que está em alta já é uma grande chance do seu conteúdo se popularizar na rede. A ferramenta também disponibiliza a opção de usar sons e narrações que estão famosas nas redes sociais.

Busque como referência criadores de conteúdo que utilizam essa ferramenta e tem um público parecido com o seu negócio.

Dedicação máxima na edição

O segredo de um bom reels está na edição. Os detalhes e a qualidade do seu vídeo é o que vai fazer o consumidor parar para ver o conteúdo e quem sabe até compartilhar com um amigo.

A própria ferramenta já oferece todas as funções necessárias para uma edição completa, mas nada te impede de editar o vídeo em outro aplicativo. A dica principal para utilizar a ferramenta: produza conteúdos que dão vontade de compartilhar para que outras pessoas vejam.

O artigo Reels: uma vitrine para vender mais apareceu primeiro em Artefato Agência Digital.

Vantagens ao usar o WhatsApp Business no seu negócio

O sucesso do WhatsApp é nítido. Considerado o principal aplicativo de mensagens do mundo, o app já ultrapassou a marca de 5 bilhões de downloads. Dentre as diversas atualizações desde o seu lançamento em 2009, a criação da opção Business também se tornou a principal forma de contato entre empresas e clientes.

O WhatsApp Business chegou a 100 milhões de downloads e disponibiliza muitas funções que podem facilitar o dia a dia de uma empresa. O aplicativo facilita o contato com o cliente, oferece a opção de cadastrar catálogo de produtos, respostas rápidas e informações gerais, como horário de funcionamento.

A ideia principal do WhatsApp Business é gerar uma opção de contato fácil e rápida, onde o cliente pode sanar suas dúvidas e até fazer um pedido. Em paralelo a isso, tornar o seu trabalho mais produtivo e ágil.

Os benefícios ao usar são vários e vamos te apresentar os principais que podem te facilitar as vendas do seu negócio.

Um número exclusivo

Quem é dono do seu próprio negócio sabe que usar a conta pessoal do WhatsApp pode gerar alguns problemas. Tendo um número exclusivo para sua empresa você fica livre de mensagens e ligações fora do horário do expediente.

É possível criar uma conta no WhatsApp Business com um telefone fixo e geralmente é o próprio número da empresa.

Informações gerais

O WhatsApp Business oferece uma serie de campos para preencher com informações gerais do seu negócio, como endereço, horário de funcionamento, e-mail e site.

Essas informações tendem a diminuir a quantidade de mensagens nesse sentido e liberam o seu tempo para se dedicar a outras atividades da empresa.

Catálogo

A opção de cadastrar seus produtos no próprio aplicativo é ótima e muito indicada para o uso.

É possível que alguém entre para ver determinado produto e acabe levando vários, só por vê-los ali e lembrar que precisa deles também na sua rotina. Esse tipo de situação é o que geralmente ocorre em um site. A lista de produtos chama a atenção e gera necessidade de compra no cliente.

E assim como acontece no item anterior, deixar as opções e valores à disposição do cliente pode diminuir o fluxo de atendimento.

Respostas rápidas

No WhatsApp Business é possível cadastrar respostas rápidas para agilizar a sua conversa com o cliente, por exemplo: como podemos te ajudar, esse produto não está disponível, sua compra já saiu para entrega, obrigado pelo contato e muitas outras opções.

Essas respostam devem ser cadastradas pelo responsável da conta para definir o texto e o atalho do teclado que será utilizado.

Mensagem de ausência

Depois que você preenche o horário de funcionamento da sua empresa, o aplicativo pode responder automaticamente todos os clientes que entrarem em contato após o fechamento.

Isso evita que o cliente pense que a sua empresa não tem um bom atendimento.

Lembrando que essa mensagem precisa ser cadastrada, assim como os horários, para que a função seja habilitada. E aí, já conhecia todas essas funções? Crie hoje mesmo a conta do seu negócio no WhatsApp Business.

O artigo Vantagens ao usar o WhatsApp Business no seu negócio apareceu primeiro em Artefato Agência Digital.

Por que contratar uma agência de marketing digital?

Hoje, quando pensamos em abrir um novo negócio, já devemos ter aquela reserva de investimento em Marketing Digital. Os concorrentes de qualquer segmento estão nas redes sociais para apresentar seus produtos para o maior número de clientes.

Entenda que assim como você deve ter um lugar certo para ter o estoque dos seus produtos e documentos da empresa, podendo ser uma sala comercial ou um cômodo da sua casa, você também deve coloca-la na internet para que seja encontrada e conhecida por muitas pessoas que estão à procura pelo tipo de produto ou serviço que o seu negócio oferece.

Investir em Marketing Digital já se tornou indispensável no mundo atual e essa necessidade só tende a aumentar no decorrer dos anos. Conquistar credibilidade, popularidade e novos clientes são as funções de uma agência. Criar estratégias, materiais e conteúdos para atrair o público e fazer o seu negócio vender mais.

O que frequentemente acaba acontecendo é o proprietário pensar que consegue divulgar seu negócio nas redes sociais e achar que é fácil fazer esse trabalho. Meses depois ele vai ver que não conseguiu alcançar bons resultados e que precisa correr atrás do prejuízo.

Criar conteúdos na internet para divulgar um serviço e ter estratégias para vender na internet exigem tempo e conhecimento. Não é qualquer postagem que o fará vender. Frequência e qualidade são pontos importantes para ter resultados positivos.

Motivos para contratar uma agência de marketing digital

Entenda que não é ‘só postar’

A expressão que faz total sentido: “Tempo é dinheiro”. Dedique seu tempo em funções que você domina e tem conhecimento.

Conhecimento e equipe

A internet está em constante evolução e nessa mesma frequência precisamos nos atualizar de novas técnicas, aplicativos e formas de divulgação nas redes sociais.

Uma agência de marketing digital tem profissionais especialistas em todas as áreas que envolvem um trabalho de Marketing Digital: conhecer o público, planejar as redes sociais, estratégias de campanhas, criar conteúdos, criar anúncios, fazer a gestão de tráfego, acompanhar as vendas e tantas outras atividades.

O processo para colocar algo na internet exige um longo período entre planejamento, execução e resultado final.

Recursos

A agência tem todos os recursos necessários para a execução dos serviços pode intermediar a contratação de ferramentas, programas e softwares para a realização dos trabalhos.

Estratégias de marketing digital

Não é somente pensar em qual postagem deve ser feita. Existe uma estratégia para atrair a atenção dos clientes e fazer com que eles façam uma compra. As estratégias precisam ser bem planejadas para que na hora da execução não surjam imprevistos, falhas e muito menos perda de tempo.

Diante desses motivos saiba que sim, é fundamental a contratação de uma agência para cuidar do marketing digital do seu negócio. Mas entenda que a frase não deve ser ‘vou gastar com uma agência’, mas sim ‘vou investir em uma agência’.

O artigo Por que contratar uma agência de marketing digital? apareceu primeiro em Artefato Agência Digital.

5 tendências para o e-commerce em 2021

A pandemia pegou todos de surpresa e prejudicou muitos setores nesses quase 11 meses de isolamento social. Portas fechadas, pessoas em casa, home office e a diminuição no consumo de diversos serviços. Porém, existem alguns setores que foram beneficiados com este cenário: farmácias, produtos hospitalares, supermercados e, claro, os e-commerces.

Segundo a pesquisa elaborada pela Ebit|Nielsen, o e-commmerce brasileiro registrou um recorde de crescimento logo no primeiro semestre de 2020. O faturamento teve a maior alta em 20 anos, crescendo 47% e 39% no número de pedidos.

Cerca de 7,3 milhões de brasileiros fizeram a primeira compra online durante a pandemia e desse total, mais de 20% fizeram mais de dez pedidos só no primeiro semestre.

Esses números são surpreendentes e mostra que o comércio online já é uma realidade com grande potência no país, o que deve deixar em alerta os proprietários de lojas físicas que ainda não investiram nesse novo modelo.

As tendências do e-commerce para 2021 estão sendo influenciadas pelas mudanças e avanços que a tecnologia ofereceu para as pessoas no ano passado.

Voice Shopping

O sucesso da Alexa, da Amazon, é um bom exemplo nessa tendência: faça tudo através da sua voz e a assistente.

As compras por voz já estão ganhando espaço e tendem a mudar ainda mais as formas de compra. O que antes era necessário ir até o computador, liga-lo, acessar o site e tantos outros processos foi simplificado por apenas um comando de voz.

Omnichannel

O conceito Omnichannel consiste em oferecer diversos canais de vendas para o seu cliente e que eles se cruzem para oferecer um serviço completo e de qualidade. Resultando em uma experiência de compra significativa e que gere novas vendas.

O Omnichannel é como uma integração do físico com o online para deixar a critério do cliente onde ele fará sua compra.

SEO

O SEO é uma das técnicas que não perderá o seu poder tão cedo. Ele consiste em melhorar vários fatores dentro do seu site para melhor posicioná-lo nos sites de busca e consequentemente, aumentar as possibilidades de novos visitantes e vendas.

As mudanças feitas com base nesse conceito envolvem a velocidade do site, a funcionalidade de cada botão, conteúdos que atraiam visitantes, descrição de produtos, site responsivo, entre outras.

Aplicativo mobile

O número de usuários que fazem compras online aumenta a cada dia. A possibilidade de fazer uma compra em qualquer lugar que você estiver é um sinal de que muito em breve os computadores perderão o pouco espaço que ainda restou.

Diante disso, os aplicativos mobiles estão tomando a frente quando se trata em oferecer ainda mais praticidade para essas compras. Acesso rápido, personalização e mais proximidade com o seu cliente.

Atendimento personalizado e Inteligência Artificial

Ofereça um atendimento completo e personalizado para que seu cliente não desista da compra por falta de informações. Tenha alguém responsável por esse contato e que esteja totalmente disponível para isso.

Os meios utilizados podem ser os já conhecidos: e-mail, WhatsApp direct do Instagram e outras opções que seu negócio tiver a disposição. O ideal é incentivar que esse contato seja feito através de um só meio para não haver confusões no dia a dia.

Os Chatbots, que são robôs programados para perguntas frequentes em e-commerces, podem ser uma boa opção para diminuir o fluxo do atendimento e utilizar a Inteligência Artificial a favor do seu negócio. Em um futuro próximo, a IA será a principal forma de contato entre empresas e clientes.

Essas tendências mostram que a personalização será um diferencial em 2021. De maneira geral, está totalmente relacionado com a experiência do cliente e o que ele espera no seu processo de compra.

Já aplicou alguma dessas tendências no seu e-commerce? Entre em contato com a nossa equipe para aplica-las.

O artigo 5 tendências para o e-commerce em 2021 apareceu primeiro em Artefato Agência Digital.

Aumente as vendas do seu e-commerce no início do ano

Pesquisas apontam que as vendas de dezembro serão um sucesso mesmo com a pandemia. Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) o comércio online terá um aumento de 64% nas vendas neste Natal deste ano comparado com 2019.

Esse número mostra que a tendência de compra online foi beneficiada com a pandemia. Presentar alguém especial tem um valor sentimental diante esse cenário.

Mas e o início de 2021? As vendas são bem prejudicadas no início de cada ano. Porém, ainda existem soluções para reverter essa situação. Com campanhas e estratégias bem aplicadas seu negócio poderá reverter à situação.

Ofereça soluções para o cliente realizar suas metas

Todo mundo costuma fazer uma lista de metas no início de cada ano e o seu negócio pode incentivar para que elas saiam do papel. Dar aquele empurrãozinho sabe?

Melhorar o estilo de vida, comer mais saudável, mudar a forma de se vestir, ter uma rotina menos corrida, trocar de carro ou abrir um novo negócio… Como seu negócio pode ajudar?

Se o seu nicho de mercado não puder ser relacionado a nenhuma meta específica, não se preocupe. Escolha uma meta que você mais se aproxima do seu público (fazer uma pesquisa nos stories pode ser uma alternativa para definir isso) e crie conteúdos que funcionem como incentivo, por exemplo, faça uma sequência de postagens sobre como ter uma vida mais saudável, com receitas, hábitos e mudanças na rotina.

Brindes, descontos e frete grátis

Ofereça algo a mais além do seu produto. Os brindes são vistos com muito carinho pelos clientes e costumam gerar muitas vendas. Um brinde, por mais simples que seja, pode ser decisivo na hora que um cliente vai fechar a compra.

Assim como descontos e frete grátis, pode ser o diferencial da sua loja na hora de escolher onde comprar.

Os famosos cupons de desconto com tempo limitado para usar pode incentivar o seu cliente a fazer uma compra naquele período.

Todas as opções são válidas e podem trazer ótimos resultados, mas não tente fazer todas de uma vez. Analise as condições do seu negócio e estoque. O mais importante é se dedicar na divulgação: poste nas redes sociais, conte a novidade por e-mail, coloque um banner no site e faça vários stories.

Ofereça novidades

Uma novidade pode ser aquilo que o seu cliente mais precisa no momento. Faça campanhas de lançamento e busque divulgação com influenciadores, pode ser uma ótima alternativa para movimentar as vendas de início de ano.

Inclusive, nos primeiros meses é essencial trabalhar com impulsionamentos para alcançar um maior número de clientes.

Ofereça vários tipos de conteúdo

As pessoas estão na internet para consumir conteúdo, seja no Youtube, Instagram, TikTok ou qualquer outra rede social que surgir. Invista na criação de conteúdo para atrair o seu cliente. Se você acha que não consegue fazer ou não tem criatividade, busque por um influenciador que aceite fazer esse trabalho.

Conteúdos em blog e e-books também são ótimas fontes para atrair clientes e ter novas oportunidades de venda.

Agrade seu cliente

Sabe aquele cliente que fez uma grande compra no ano anterior? Ofereça um benefício para ele fazer uma nova compra e utilize o e-mail para fazer esse contato.

Não deixe de analisar o comportamento do seu cliente e definir qual a melhor estratégia antes de sair colocando todas as citadas em prática. É melhor ter apenas uma ação feita por completa do que várias sem bons planejamentos.

Nós podemos te ajudar a melhorar suas vendas em 2021. Quer saber como? Entre em contato conosco!

O artigo Aumente as vendas do seu e-commerce no início do ano apareceu primeiro em Artefato Agência Digital.

A importância do feedback para a aquisição de novos clientes

Fazer com que um cliente conheça a sua marca, acompanhar toda a jornada de compra e chegar ao seu objetivo – que é vender – não é uma tarefa fácil, nós sabemos. E se existe a possiblidade desse processo ser mais rápido, por que não investir nele?

A primeira compra de um cliente depende muitas vezes da experiência de outro. Incentivar o feedback sobre uma compra pode ser a peça fundamental para a conquista de novos clientes.

O depoimento de um cliente faz com que visitantes do site se sintam atraídos a fazer uma primeira compra para ter a mesma experiência.

De acordo com a pesquisa E-commerce Trends 2017, a possibilidade de conferir reviews e comentários sobre o produto e/ou serviço (49,1%) está em quarto lugar nos motivos que influenciam alguém a comprar em um e-commerce.

As redes sociais intensificaram muito mais essa questão. É muito fácil acessar o perfil de uma marca e dar uma conferida nos comentários para ver quais são os depoimentos de quem já usa o produto ou serviço. Se as caraterísticas estão corretas, se atende às expectativas, se o produto chegou rápido, bem embalado, entre outros pontos.

Todas as informações que estão relacionadas ao processo de compra são importantes, não apenas a usabilidade do produto ou eficiência do serviço.

E claro, se os feedbacks forem negativos, você saberá por onde começar a reorganizar o seu negócio.

Como incentivar o feedback do cliente no seu e-commerce

Boa experiência de compra

Nada é mais incentivador para receber um comentário positivo do que oferecer uma experiência de compra completa e sem falhas. Seu cliente espera e merece isso!

Ofereça benefícios

Cupom de desconto, frete grátis ou brindes especiais são ótimas opções para oferecer ao cliente que te deixar um feedback no site ou nas redes sociais.

É possível fazer uma campanha especial para conquistar esses depoimentos e oferecer um benefício em troca. Pense nisso!

Pergunte ao seu cliente logo após a compra

Você tem uma ideia quando a compra vai chegar às mãos do seu cliente. Alguns dias depois, envie um e-mail solicitando um feedback sobre o produto e estreite a relação com o seu cliente. Isso também será uma forma de incentivo para ele fazer uma segunda compra em um próximo momento.

Esse tipo de comunicação mostra preocupação da sua marca com o cliente.

Quais benefícios os feedbacks podem gerar para um e-commerce

Gera credibilidade

Conquistar credibilidade é o sonho de todo dono de e-commerce. Ver as pessoas reconhecendo as qualidades dos seus produtos deve ser o seu maior objetivo tendo uma loja virtual.

Logo, esses depoimentos serão levados em conta por outros visitantes do seu site.

Melhora o posicionamento do e-commerce nos sites de busca

Os mecanismos que controlam os sites de buscam usam a quantidade de comentários para mensurar a qualidade do serviço. E claro, melhorando o rankeamento também aumenta o número de novos visitantes e chances de novas vendas.

O feedback de um cliente sobre a experiência de compra é muito importante para a aquisição de novos. Com ele você consegue analisar o que está dando certo ou errado e melhorar a estratégia.

O artigo A importância do feedback para a aquisição de novos clientes apareceu primeiro em Artefato Agência Digital.